Unimep: um patrimônio que Piracicaba está perdendo

(Leia no PONTO FINAL).

BOM DIA.

Quinta-feira (25), finalmente, a última rodada do Campeonato Brasileiro. Uma competição atípica valendo pela temporada 2020, sem público nos estádios, em época de pandemia. Dois jogos que interessam: São Paulo x Flamengo (71 pontos) e, Internacional (69 pontos) x Corinthians. É a decisão do título, com o time carioca precisando unicamente do seu futebol: ganhando levanta o caneco, enquanto ao Inter é necessário vencer e torcer por um tropeço rubro-negro. O São Paulo mesmo decepcionando na reta final, estará na próxima “Libertadores da América”. O Palmeiras se garantiu como campeão da “Libertadores” de 2020 e, o Santos também estará lá, porém, necessitando da fase classificatória. Dos considerados grandes, entre os paulistas, o Corinthians, num péssimo ano fica de fora, com o consolo de participar da Copa Sul-Americana, que se apresentará mais valorizada em 2021, com maior porte financeiro para os participantes. Em se tratando da queda dos quatro piores, Botafogo, Coritiba e Goiás estão oficialmente rebaixados, restando o Vasco que precisará tirar uma diferença de 12 gols, então, infelizmente, também oficiosamente rebaixado. Um bom dia para você.

O QUE
ELES DIZEM

Foto: Assessoria Semae

“SABIA DAS DIFICULDADES, MAS NÃO ESPERAVA ENCONTRAR O SEMAE NUMA SITUAÇÃO TÃO RUIM”.

Maurício André Marques de Oliveira (Engenheiro Mecânico, graduado em Engenharia de Saneamento Básico. Estudou em Portugal e trabalhou na Sabesp por 20 anos ocupando vários cargos). 

CURTAS&MISTURADAS

● MINISTRO (Saúde) Eduardo Pazuello pede para que não seja retida a segunda dose para a Covid: ele garante que não faltará o remédio, mas o governo paulista diz não ter qualquer documento mudando o planejamento. ● SEM trégua: muita gente ainda faz festa, se aglomera, ignorando o perigo da pandemia e alerta das autoridades. ● TAMBÉM no Japão: Honda paralisa produção por falta de peças (componentes eletrônicos). ● PERGUNTA: professores serão ou não incluídos entre os prioritários? ● FOLHA de S. Paulo chega aos 100 anos: faz história, um jornal de imenso valor, infelizmente, atualmente, pecando com linha editorial parcial. ● EXPECTATIVA: em abril, a sexta rodada de concessões (leilão) de aeroportos. ● AVALIAÇÃO simples: na condenação do deputado federal Daniel Silveira (PSL/RJ), pesou as fortes agressões verbais contra a instituição STF, que deve e precisa ser respeitada. ISENÇÃO que o presidente  Jair Bolsonaro anuncia para o diesel custará R$ 3 bi aos cofres públicos: Paulo Guedes promete solução. AUMENTA dia a dia os casos da Covid no interior paulista, causando muita preocupação, exigindo rigor das prefeituras municipais: governador João Dória deve anunciar medidas restritivas extras amanhã (24).  ● PETISTAS sem nome forte para disputar a eleição presidencial em 2022, estaria pensando na empresária Luiza Trajano. 

OLHO NO OLHO

O presidente Jair Bolsonaro nunca se conformou com os preços dos combustíveis, se mostrando indignado principalmente com o valor do botijão de gás. Sempre cobrou a Petrobras e sempre foi alertado da inconveniência de intervir na estatal. Anunciou mudanças nos impostos federais e pediu a redução do ICMS aos estados, com os governadores imediatamente negando qualquer mudança, alegando perda de receitas. A gota d’agua foi o pronunciamento do presidente deposto da Petrobrás, Roberto da Cunha Castelo Branco: “Não tenho nada a ver com o problema dos caminhoneiros”. Ainda descobriu que o presidente e sua diretoria estavam a onze (11) meses em casa, trabalhando remotamente, para dirigir uma estatal de enorme valor. Bolsonaro não pensou duas vezes: anunciou a troca da presidência, indicando o general Joaquim Silva e Luma. Na avaliação do presidente da República, Castelo Branco preocupava-se com os lucros atendendo acionistas, ignorando as dificuldades e necessidades da população brasileira.

PONTO FINAL

Momento triste do ensino em Piracicaba: a queda da Universidade Metodista de Piracicaba. Sofre a população, principalmente os jovens alunos que vislumbram uma universidade. Lamentam os milhares de estudantes que lá, um dia, conquistaram o sonhado diploma. A Unimep que já viveu outras crises, sempre sobreviveu, então restava a esperança. Muita saudade da Unimep atuante, funcionando a todo vapor ao lado de outras universidades e faculdades, instaladas Piracicaba. O campus de Santa Bárbara d’Oeste fecha, alguns cursos ainda continuam, contudo, é notória a desilusão de muitos jovens com planos dificultados. Os desavisados perguntam: mas como pode isso acontecer? Ou então: ninguém a socorreu? Ao longo dos anos, foram muitas as fases negativas, com greves, professores e funcionários convivendo com salários atrasados e nem mesmo trocas de comando resolveu.  Inúmeros cursos deixam de existir e a tristeza toma conta de uma cidade de 400 mil habitantes, com centenas de estudantes que, a princípio, perdem seu rumo. Triste.  Ensino superior piracicabano de luto.

VOLTO AMANHÃ.

ATÉ LÁ.

Compartilhe este post:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *