Vitória que ninguém esquece coloca o XV na final

BOM DIA.

Começa a segunda semana de novembro e outra vez sem trégua para o sol e o calor. Chances de chuva (localizadas) todos os dias. Enfim, a certeza de um verão muito quente que pode ser bem aproveitado, mas que requer cuidados. A saúde terá que estar sempre em primeiro lugar. É necessário saber se proteger e se alimentar. Jamais esquecer de protetor solar e da água. Não ignorar as vacinas e teme-se a dengue. Cuide da sua casa, verificando, fiscalizado, não permitindo nada de errado. Uma boa semana para você.

PERGUNTAR
NÃO OFENDE

NÃO É MELHOR SE PREOCUPAR COM REFORMAS, AÇÕES SOCIAIS, ADMINISTRATIVAS E PARAR DE FALAR EM AI-5, PORTEIRO E TANTA COISA QUE NADA ACRESCENTA?

TRÊS
TEMPOS

LI

Muitas críticas a Jair Bolsonaro por causa de ameaças a imprensa. Sem dúvida, impossível viver a democracia sem liberdade e o chefe da nação está errado. Contudo, imprensa que se preza, também precisa saber que a imparcialidade é indispensável.

VI

Foi o XV que gostamos de ver. Valente, determinado, decidido, incansável, bem treinado e orientado pelo  Tarcísio Pugliese que, a exemplo do time, oscilou muito durante o campeonato. Mas, contra o Mirassol (1×0) foi muito bem: time e técnico. Parabéns também a sempre presente e contagiante torcida quinzista.

OUVI

Ministro (Meio Ambiente),  Ricardo Salles, do Novo, detonou João Amoêdo, presidente do seu partido. Na Jovem Pan, afirmou que o mesmo é dono e não presidente do partido. “Tem que ser como ele quer.  Se contrariá-lo, ele isola”.

SUA
SAÚDE

Outubro rosa e novembro azul, possuem a mesma função: alertar e conscientizar sobre o câncer. A mulher se preocupa, já o homem bem pouco. Segundo pesquisa, 51% dos homens, ou seja, a metade, nunca foram a um urologista. A piadinha do toque retal atrapalha e muitos vão ao médico porque as esposas se encarregam de agendar a consulta. O câncer na próstata é o tumor maligno mais comum atualmente. Em 2019, surgiram quase 70 mil casos (estimativa). Dois em casa três homens com câncer, desenvolvem a doença após os 65 anos. Um em cada quatro morre e 20% são diagnosticados em estado avançado.

FOTOGRAFANDO

Foto: Comunicação ACIPI

Disputando com Campinas e São Carlos, a ACIPI (Associação Comercial e Industrial de Piracicaba) conquistou no enceramento do 19º Congresso Estadual da Federação das Associações Comerciais do Estado de São Paulo (Facesp) em Atibaia, o Prêmio AC MAIS, concedido pelo primeiro lugar na categoria de Produtos e Serviços.  Semanas atrás, o comando da Facesp esteve na Noiva da Colina e se impressionou com a estrutura da entidade piracicabana. O presidente Luiz Carlos Furtuoso recebeu o prêmio e destacou a participação das empresas associadas, confiando e acreditando na ACIPI, na dedicação e competência de seus diretores, conselheiros e funcionários. Na categoria Produtos e Serviços, os critérios seguidos pelos finalistas foram a atualização da PDO 2019 (Pesquisa de Desenvolvimento Organizacional) e o alcance de bons resultados com as diversas ações oferecidas.

ÚLTIMA

Depois do Corinthians perder para o Flamengo na tarde de ontem (3), no Maracanã (4×1), o presidente Andrés Sanches demitiu no vestiário, o técnico Fábio Carille. Disse que não havia mais ambiente e que hoje (4), vai resolver com a diretoria de futebol quem assumirá interinamente o comando técnico do time. Com respeito ao novo técnico (efetivo), afirmou que resolverá com calma e acha muito difícil contratá-lo de imediato.

PONTO FINAL

Como aconteceu em Mirassol, o começo assustou: bola na trave de Luiz Fernando. Mas, o XV ganhou, com méritos e justiça. Um primeiro tempo até equilibrado, porém, com o gol quinzista e único do jogo (Gilberto Alemão de cabeça aos 26 minutos).  Na segunda etapa, o nosso alvinegro dominou, com muita tensão nos últimos dez minutos: no acréscimo determinado pelo árbitro (Márcio Henrique), o XV tinha dez em campo (Kadu Barone recebeu o cartão vermelho). Mas, o alvinegro administrou e festejou. Grande público (10.270 torcedores) com renda de R$ 126.630,00, muita emoção, com vários gols perdidos, bolas na trave, enfim, a dramaticidade característica de uma decisão. O XV vai para a grande final de 180 minutos contra o São Caetano que também empatou o primeiro jogo (2×2) em São Bernardo e em casa, igual ao XV, ganhou de 1×0, o segundo jogo (sábado a tarde). Primeiro confronto neste próximo final de semana em Piracicaba (no “Barão”) e o fechamento do campeonato na outra semana (dia 16 ou 17) no estádio “Anacleto Campanella” em São Caetano do Sul. Um ou dois dias após o aniversário do XV de Novembro (1913), que chega aos seus 106 anos.

Compartilhe este post:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *