VACINAPIRA LIBERA NOVAS VAGAS PARA A ASTRAZENECA.

(Leia no PONTO FIINAL).

BOM DIA.

Outra vitória da Seleção Brasileira e novamente sem brilho. Como sempre, também sem convencer. Mas, o time de Tite chegou a oito vitórias seguidas, um recorde em eliminatórias sul-americanas. Nenhuma surpresa, considerando a fase de um futebol decadente na América do Sul. Mais difícil, apenas contra os argentinos em virtude da presença do Messi. Tite faz muitas trocas (substituições) e tudo continua na mesma. Não se vê mudança tática significativa com a bola rolando. Outra decepção, é Neymar. Fora de forma, desinteressado ou emocionalmente perturbado, atualmente é apenas mais um no granado. Prestem atenção em Messi e Cristiano Ronaldo: sempre sobrando, voando em campo. Neymar, já quase com 30 anos, passando a depender mais da qualidade física, caso não leve as coisas a sério, pode encurtar sua carreira. Nervosinho, joga para ele e não para a Seleção Brasileira. O grande problema é que não existe técnico ou dirigente para enquadrar o craque brasileiro (o único) que cada vez mais fica devendo dentro do campo. Um bom dia opara você.

O QUE
ELES DIZEM

Foto: Eduardo Carmim /Agência O Dia

O IMPORTANTE É QUE A SUPOSTA CRISE POLÍTICA ACABOU. E, O BRASIL NÃO PAROU”.

Michel Temer (Ex-Presidente da República).

OLHO NO OLHO

Num dia só, o presidente Jair Bolsonaro tomou duas decisões providenciais: na quinta-feira (9), pela manhã, negociou o fim da paralização dos caminhoneiros e, a tarde, com ajuda do ex-presidente Michel Temer, amigo do ministro (STF) Alexandre de Moraes, acenou para um entendimento. Tudo por um único motivo alertado pela equipe econômica: o perigo do desabastecimento e a inflação disparar de vez. Igualmente tinha que dar uma satisfação aos investidores, pois no dia anterior (quarta, 8), a Bolsa de Valores havia despencado e o dólar mostrava-se em rápida escala ascendente. Técnicos da Bolsa de Valores foram unânimes: comemoraram exatamente às 16hs30 (quinta, dia 9), quando a Carta a População providenciada pelo presidente Bolsonaro (juntamente com Michel Temer) foi divulgada, com imediata reação positiva do mercado de negócio. Realmente não existia outro caminho. Na verdade, Bolsonaro já se mostrava satisfeito, pois, o seu maior objetivo havia sido alcançado, ou seja, provou no dia 7 de setembro ter o povo ao seu lado. O presidente na oportunidade, também sinalizou especialmente para o STF e Congresso Nacional, que tendo apoio popular, obrigava seus opositores no mínimo a refletirem.

OPINIÃO

Uma das mais novas discussões, é a terceira dose da vacina contra o Covid-19. Se, as vacinas (todas), são encaradas como experimentais, o reforço (3ª dose), também alimenta dúvidas de uma forma geral. Igualmente quando se trata de vacinar menores de idade ou até mesmo grávidas. Contudo, polemicas a parte, a comunidade médica não aprova a CoronaVac para uma dose extra, tanto assim que o Governo Federal prepara a Pfizer e a AstraZeneca para uso a partir de 15 de setembro. Então, o que fazer? A princípio, exigir as vacinas aprovadas ou consultar um médico de sua confiança. Para a terceira dose, pode não valer o slogan “vacina boa é aquela que vai no braço”, ou então, aceitar aquela que estiver disponível.

PONTO FINAL

A Prefeitura de Piracicaba, por meio da Secretaria Municipal de Saúde (SMS), informou ontem (10), no final da tarde, que já estão disponíveis novas vagas para agendar a 2ª dose da vacina contra Covid-19 para quem recebeu a 1ª dose da AstraZeneca/Oxford/Fiocruz até o dia 24 de junho. O agendamento deve ser feito no site VacinaPira (https://vacinapira.piracicaba.sp.gov.br/cadastro/blk_inicial/). A SMS lembra ainda que há vagas para 2ª dose também daqueles que receberam a 1ª dose daCoronaVac/Butantan até 21 de agosto e da vacina Pfizer até 24 de junho. O intervalo entre a 1ª e 2ª dose da CoronaVac/Butantan é de até 28 dias e da AstraZeneca/Oxford/Fiocruz e Pfizer é de 12 semanas. Sendo assim, a SMS orienta que a população fique atenta à data marcada no comprovante de vacinação para aplicação da 2ª dose e acesse o site VacinaPira para fazer o agendamento. No caso da vacina CoronaVac/Butantan, a data escrita no comprovante é de 21 dias após a 1ª dose e a Saúde lembra que, de acordo com a orientação da Secretaria de Estado da Saúde, a 2ª dose pode ser tomada até 28 dias depois da aplicação da 1ª dose, ou seja, sete dias depois da data marcada no comprovante, sem atraso. Aqueles que estão em atraso para receber a 2ª dose das vacinas CoronaVac/Butantan e AstraZeneca/Oxford/Fiocruz poderão recebê-la no CRAB Vila Rezende, hoje (11), sábado, das 8 às 15 horas.. A SMS informa que estar em atraso para receber a 2ª dose dessas vacinas significa ter recebido a 1ª dose da CoronaVac/Butantan há mais de 28 dias e a 1ª dose da AstraZeneca/Oxford/Fiocruz há mais de 12 semanas. Essas pessoas não precisam fazer o agendamento. Na unidade, basta apresentar o comprovante de vacinação da 1ª dose, RG e CPF. O CRAB Vila Rezende fica na rua Santo Estevão, 394.

VOLTO TERÇA.

ATÉ LÁ.

Compartilhe este post:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *