FINALMENTE OS JOGOS OLÍMPICOS EM TÓQUIO: MESMO SOB PROTESTO.

(Leia no PONTO FINAL)

BOM DIA.

Pouco se sabe sobre os últimos acontecimentos em Cuba. De uma certa forma, o mundo foi surpreendido com as manifestações populares ocorridas em Havana no último dia 11. A internet ainda funcionava e as notícias facilmente chegaram. Em seguida, o governo comunista tratou de agir e a partir de então, informações seguras não mais existiram. Mas, pelo pouco que se sabe e ainda diante das declarações do opositor do governo venezuelano Leopoldo López sete anos preso e agora exilado em Madri, é possível deduções, aliás, não muito diferentes do que sempre imaginávamos e imaginamos: prisões arbitrárias e a fome, é apenas dois exemplos do sofrimento de um povo sem liberdade até para pensar. É o caso de se perguntar: como pode, aqui no Brasil, gente que se sente importante, mostrar simpatia por um regime criminoso? Aqui tem até amigo dos criminosos. O pior, é que falam em democracia e o mais triste ainda, é alguém acreditar. Um bom dia para você.

O QUE
ELES DIZEM

ENXERGAMOS O PROTESTO EM CUBA COMO ALGO DOS CIDADÃOS VENEZUELAN OS”.

Leopoldo López (Opositor venezuelano).

OLHO NO OLHO

O governador João Doria tem pela frente duas difíceis eleições para conseguir o seu grande objetivo, que é o de se tornar Presidente da República em 2022. Precisará ganhar primeiramente, as prévias do PSDB marcadas para novembro próximo. Sabe que não será fácil e, por isso trabalha incansavelmente nos bastidores com ajuda do seu vice Rodrigo Garcia e do Márcio Vinholi, atual Secretário de Desenvolvimento Regional. Como resultado do trabalho desenvolvido durante semanas, o governador Dória filiou num só dia, 41 prefeitos e 26 vices de cidades do interior. Continua o trabalho nos municípios paulistas, pois a pretensão é em curto prazo anunciar mais 50 adesões, lembrando que a maioria delas estão vindo de partidos de oposição, casos do PTB e PSB. Atualmente, o PSDB paulista conta com 231 prefeitos e 137 vices, lembrando que o estado possui um total de 645 municípios. Outra preocupação de Dória, é a influência ou prestígio de Geraldo Alckmin principalmente no interior. O ex-governador se sente isolado no PSDB e pode mudar de partido para e se candidatar ao governo de São Paulo, atrapalhando os planos de Dória que quer Rodrigo Garcia como seu sucessor. Alckmin não a aceita a ideia de candidatura a Deputado Federal e nem mesmo ao Senado Federal pela sigla PSDB e estaria negociando com o DEM e PSD.

CURTAS&MISTURADAS

PIRACICABA registrou redução de 30% em óbitos nas vias municipais, comparando com o primeiro semestre de 2020. CUBANOS que vivem fora de Cuba, preocupados com seus familiares, denunciam barbaridades por parte do governo local. ● GOVERNADOR de Minas Gerais, Romeu Zema, viaja diariamente para municípios mineiros, procurando dar apoio a prefeitos e minimizar pressões por conta da pandemia. ● FINALIZADA a fase de contratações visando a Copa Paulista que começará em setembro, torcedores do XV esperam pelos amistosos: todos querem ver o futebol e naturalmente a capacidade de cada contratado. ● COMPORTAMENTO dos jogadores do Flamengo mudou da água para o vinho com a chegada do técnico Renato Gaúcho e a pergunta não cala: Rogério Ceni foi ou não sabotado? VACINAÇÃO segue em frente com postos no Ginásio de Esportes, nas unidades de saúde e mais a participação da Rede Drogal, importante parceira que a Prefeitura Municipal conquistou. ● MINISTRA Carmem Lúcia indeferiu pedido entregue por opositores que pediram a intervenção do STF no sentido de que Artur Lira, presidente da Câmara dos Deputados, abrisse processo de impeachment contra o presidente Jair Bolsonaro. ● TORCIDA do Corinthians está perdendo a paciência e se organiza contra a atual diretoria em razão da sofrível fase do time: faixas de protestos contra diretores e conselheiros estão sendo colocadas nos principais pontos da cidade de São Paulo. ● FESTA da Polenta (24.a edição) será este ano pelo sistema drive thru no bairro Santa Olímpia: pedidos poderão ser feitos até a sexta-feira do dia 3 de agosto, com retirada no sábado (dia 4), das 18 às 21 horas, e no domingo (dia 5), das 11 às 14 horas. ● ORGANIZAÇÃO Mundial da Saúde (OMS) não esconde preocupação com o futuro: podem surgir outros vírus perigosos, pois o desequilíbrio do meio ambiente é cada vez mais grave, impactando decisivamente na vida do humano.

PONTO FINAL

HOJE, sexta-feira, dia 23, às 8 horas (horário brasileiro), noite no Japão, teremos a abertura dos Jogos Olímpicos, em Tóquio. Programado para o ano passado (2020), acabou sendo adiado por causa da pandemia. A polêmica em torno da sua realização perdurou por longo período. Autoridades japonesas, mesmo diante das desconfianças do mundo, sempre garantiram que não haveria uma nova alteração de data. Mesmo sem público, a população do Japão contesta a realização do evento, alegando o perigo de contagio, diante da presença e concentração de centenas de pessoas de todas as partes do mundo. Contudo, pressionado pelos compromissos assumidos, o Japão realiza a famosa competição que, embora com a abertura oficial hoje (23), várias competições tiveram início quarta-feira(22), caso do futebol feminino, com a Seleção Brasileira goleando a China por 5×0. Ontem (23), se deu a estreia do futebol masculino e o Brasil derrotou a Alemanha por 4×2. No desfile de apresentação, hoje (243), no estádio Olímpico, os atletas Ketfeyn Quadros (judoca com uma medalha de bronze conquistada) e Bruninho (levantador do vôlei com uma medalha de ouro e duas de prata), serão os porta-bandeiras do Brasil na cerimônia. A Agência da Casa Imperial teria confirmada a presença do imperador do Japão, Naruhito, mas sem a presença da Imperatriz Masako. Ele estará ao lado de centenas de personalidades locais estrangeiras. No Japão, o imperador não tem poder político, mas é uma autoridade, embora simbólica, muito respeitada. O Brasil quer superar a marca de medalhas conquistadas no Rio de Janeiro em 2016. Dirigentes brasileiros evitam qualquer comentário a respeito. Muita expectativa com modalidades coletiva vitoriosas, como o vôlei e futebol, e esperança em vários atletas nas provas individuais. Atração são as estreias do skate e surfe, onde o Brasil tem força e capacidade para medalhas. Uma tradição brasileira é a de sempre surgir uma surpresa com conquista de medalha. Cinco anos atrás, o Brasil conquistou 19 medalhas. Ultrapassar essa marca é o maior objetivo do Comitê Olímpico do Brasil.

VOLTO AMANHÃ.

ATÉ LÁ.

Compartilhe este post:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *