XV estreia com vitória em Sertãozinho: 1×0

(Leia no PONTO FINAL).

BOM DIA.

Começa março. Também vai chegar o outono (dia 20), quando as folhas caem, os dias começam a ficar curtos e as noites mais longas. Em marco, várias datas para lembrarmos e comemoramos: Dia da Oração, da Escola, do Circo, Teatro, Poesia e dos Animais. Também Dia de São José, e de lembrarmos da Síndrome de Down. Dia 28, Domingo de Ramos. Nesta semana, iniciada ontem (28),  dias com pancadas de chuva (isoladas) e a temperatura sempre chegando aos 30 graus. O que não muda, ainda, infelizmente, é a pandemia. Pelo contrário. Embora Piracicaba tenha avançado de fase, o Brasil, (vários estados e inúmeros municípios), sofre com as intermináveis infecções e hospitais lotados. Um bom dia para você.

O QUE
ELES DIZEM

“SE NÃO TIVERMOS SOLIDARIEDADE E RESPONSABILIDADE, OS INDICES SÓ ACRESCEREM, COLOCANDO EM RISCO A VIDA DAS PESSOAS, SEREMOS OBRIGADOS A ADOTAR O LOCKDOWN”.

João Dória (Governador do estado de São Paulo preocupado com o crescimento da pandemia).

OLHO NO OLHO

Indiscutível a necessidade de invocar leis vigentes para que o deputado federal Daniel Silveira viesse a responder pelas graves, e absurdas agressões ao Supremo Tribunal Federal. Mas, o que poderia ter trâmite normal e legal, representou tiro no pé de todos. Função do STF é o de defender direitos, promover justiça, julgando depois da apuração e investigação. O mesmo prendeu, julgou e puniu. Imagine se cada um agir de acordo com sua vontade ou mesmo ideologia. Afinal, a lei não é igual para todos? A Câmara dos Deputados não quis confronto com o Supremo Tribunal e, também ignorou a lei que garante a inviolabilidade. Depois de entregar a cabeça do deputado na bandeja, abrindo espaço para riscos futuros, os deputados trataram de, imediatamente, num prazo recorde, construir e apresentar uma PEC visando blindá-los. Não deu certo. Por esse e outros tantos fatos mais, que o povo brasileiro cada dia menos acredita nas autoridades que comandam o país.

FOTO
DA SEMANA

O Hospital dos Fornecedores de Cana e a Rede Drogal firmaram parceria e lançaram a campanha “Troca Solidário” que visa incentivar os clientes das farmácias Drogal a doarem aqueles centavos que podem não fazer falta a alguns, mas fazer toda a diferença para a população atendida pelo SUS no hospital. (Na foto da assessoria do HFC, a administradora Lucimeire Ravelli, o presidente do Hospital da Cana, José Coral e o diretor da Rede Drogal, Marcelo Cançado.  

PONTO FINAL

O XV estreou bem no Campeonato Paulista A-2 de 2021. O gol da vitória – único do jogo – saiu aos 44 minutos do segundo tempo, com Marlyson batendo forte no meio do gol de João Guilherme. O árbitro Fabricio Monteiro dos Santos apontou para a marca fatal depois do defensor Michel colocar a mão na bola. O XV poderia ter aberto o placar ainda no primeiro tempo. O Sertãozinho, limitado, se mostrou-se nervoso e o XV dominou. Com boa defesa, meio-campo eficiente, o ataque criou chances, mas mostrou-se falho nas finalizações. No segundo tempo o time mandante até melhorou seu futebol, porém, o XV sabendo o que fazer em campo, não sofreu. Para uma estreia, nota positiva para o XV que pode melhorar bastante, pois está apenas começando a competição com um novo elenco e time. Nota negativa, o excesso de cartões amarelo: Erison, Felipe Manoel, Jean Dias e Maicon, além do técnico Moises que montou esquema tático variável e eficiente, defendendo e atacando com bom número de jogadores. Dois cartões amarelo para o Sertãozinho: Mateus Silva e Velicka. Saldo: três pontos com uma apresentação convincente, deixando os quinzistas felizes e esperançosos. Alvinegro piracicabano volta a campo no sábado próximo (6), jogando no final da tarde (17 horas) contra o Velo (Rio Claro) no “Barão da Serra Negra”.  

VOLTO AMANHÃ.

ATÉ LÁ.

Compartilhe este post:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *